• gigatron

Dicas para equilibrar as finanças em 2021

De fato, o ano de 2020 não foi fácil para ninguém, tanto para pessoas físicas quanto para o meio jurídico, inclusive, muitas empresas fecharam as portas e tiveram suas atividades suspensas.

Não importa a área de segmento, de primeiro momento todos os mercados sentiram um impacto, desde dona de casa que sentiu o preço do arroz subir, até o dono da empresa que viu suas vendas despencarem. Mas nem tudo está perdido, “ano novo, vida nova”, já dizia o ditado popular. Agora é correr atrás do tempo perdido e dar a volta por cima.


É verdade que a pandemia causada pelo vírus da Covid-19, mexeu com as finanças de pessoas no mundo todo, mas 2021 está aí para provar que é possível equilibrar as finanças e se reinventar.


Quer aprender como equilibrar as finanças nesse novo ano? Então esse post é para você. Confira algumas dicas logo abaixo:



Planejamento de Finanças


Organizar os gastos familiares ou pessoais e assumir o controle do próprio dinheiro são passos fundamentais para quem deseja estabilidade financeira. Para isso, é necessário gerenciar melhor as despesas, economizar, conter os gastos não essenciais e evitar as dívidas. É de suma importância equilibrar as contas e colocar tudo na ponta do lápis para achar furos no orçamento familiar e alternativas para ter uma relação mais saudável com o dinheiro.



Gaste menos do que você ganha


Parece óbvio, mas a verdade é que muitas pessoas ainda possuem dificuldade para controlar os gastos. Um método eficiente é escrever as contas e os gastos em um caderno, diariamente. Caso você seja um empreendedor e não esteja conseguindo controlar os gastos de energia elétrica, por exemplo, uma grande ajuda seria apostar na locação de gerador de energia, pois eles poderiam trabalhar em horários de grande consumo. Dessa forma, seria possível controlar os gastos elétricos e ao mesmo tempo evitar as multas por excesso, que as operadoras de energia costumam cobrar quando o consumo é excedido.



Automatize poupanças


Automatizar as poupanças pode ser uma boa maneira de começar. Segundo especialistas, existe um efeito psicológico, que quando os pagamentos e as transferências são definidos automaticamente sem sua interferência, o planejamento funciona muito melhor. É bem possível que ao se comprometer em economizar um valor mensal e não retirar o valor de modo automático, é provável que esqueça dessa quantia ou a deixe para depois e acabe gastando com alguma compra desnecessária.



Compre apenas o necessário


Muitas pessoas dizem que gastam apenas com o necessário para a manutenção de vida, no entanto, ao colocar tudo na ponta do lápis percebe que deu algumas escorregadas e gastou com o que não devia. A troca de eletrônicos é uma prova disso. O Brasil é o quinto maior mercado de smartphones no mundo. O país foi o que mais cresceu no segundo trimestre de 2019 em comparação com o mesmo período do ano anterior: aumento de 1,3%, com 10,8 milhões de unidades vendidas. Inclusive, o serviço de reciclagem de lixo eletrônico é um mercado que tem crescido cada vez mais, devido aos excessos de eletrônicos fabricados e vendidos.


Por esse motivo, analise sua compra, só troque seu telefone quando realmente for necessário e diminua um gasto a mais da sua lista.


E aí, gostou do conteúdo? Compartilhe!

6 visualizações

Posts recentes

Ver tudo